AUSENTE ATÉ 22 DE AGOSTO!
ATÉ BREVE

Pesquisar Benfic@holic

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Futebol português é especial


















«Jogo com o Paços é especial mas é para ganhar» - Paulo Fonseca

Não te preocupes que já está tudo no contrato da época passada...
Até podes apostar no Hélton a avançado que ganhas à mesma!

Aposto num 2-0 e lá para o minuto 80 o Costinha chega ao teu banco e começam a conversa e aos abraços.
O futebol português no seu melhor...

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Sorteio da Liga dos Campeões

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

O Campeão de Paços no Dérbi

O Mágico (Hugo Miguel), aquele que transforma livres fora da área em penaltys a favor dos corruptos
e transforma penaltys a favor do Benfica em faltas atacantes está nomeada para o dérbi.

VIDEO | Alta Fidelidade: Lima

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Cartoon

A redenção do cronómetro


Ex-árbitro Carlos Calheiros admite favorecimentos ao FC Porto


O relato de um arbitro da associação de Viana do Castelo:


"Olá amigo, 

Começo-me a apresentar como um árbitro da associação de futebol de Viana do Castelo e simpatizante do Benfica. Por isso, não quero que o que se passou recentemente fique em claro, como muitas outras situações já passaram. Como o nome da cidade já te deve inspirar alguma coisa (em termos de futebol e de arbitragem) esta é a cidade do famoso José Carlos Amorim Calheiros (mais conhecido na TAP por José Amorim) árbitro durante os saudosos anos 90.

Mas para te dizer o que se passou, aquilo que não deves saber é que actualmente ele é VICE-PRESIDENTE da Associação de Futebol de Viana do Castelo desde 1997 (ano em que deixou a arbitragem), instituição de utilidade pública, e segundo ele, com as funções de servir de 'ponte' entre o conselho de arbitragem da dita associação e o seu presidente. Sim, já sei o que estás a pensar: se o Martins dos Santos sem cargos deste género por si só já fez o que fez recentemente (corrupto uma vez, corrupto para sempre), agora imaginemos o que o nosso estimado José Amorim faz ao abrigo daquelas funções.

Ora, recentemente o presidente do conselho de arbitragem desta associação, de seu nome José Costa Valente (apelido que também inspira muita coisa), tio de Pedro Valente, árbitro da fpf que chegou a ser acusado de 2 crimes de corrupção no processo "Apito Dourado", convocou um plenário, uma espécie de reunião, com os seus árbitros dos quais eu faço parte, para entre outras coisas, limpar a sua imagem de situações recentes (compadrios, classificações de árbitros suspeitas, e outras situações pouco transparentes) e levou consigo o seu aliado nº1, o que na prática é o que o mantém no cargo, e quem é ele?
CARLOS CALHEIROS! Este falou aproximadamente 2,5 horas e aquele falou 2 horas (!). Entre muitas coisas, entre as coisas banalidades, o Sr. José Amorim (como aparecia na factura) teve o descaramento de falar na sua prodigiosa carreira (provocou um sorriso em todos os presentes), mas excedeu-se. E porquê? Porque, num tom de indiferença e quase gozo, confessou a seu clubismo, a sua tendência para o FC PORTO, lamentando-se dos jogos em que com ele o dito clube não conseguiu ganhar. Perante isto, houve um árbitro das filas da frente que disse algo, num tom digamos meio a sério meio a brincar, que provocou o seguinte diálogo entre eles: 

- Então que inventasse um penalti!
- EU INVENTAR, INVENTAVA mas a bola às vezes não entrava! (Calheiros)

Pois, para bom entendedor meia palavra basta e caso para dizer também que pela boca morre o peixe e relembre-se que às vezes a bola entrava mesmo (o 3-3 nas antas, por exemplo) É que se em 1995 o Ministério Público arquivou o caso das 'viagens' porque alegadamente não conseguiu provar que o pagamento por parte do porto teve como contrapartida favores ilícitos, a verdade chegou tarde, mas chegou, foi dita publicamente por Calheiros que admitiu que beneficiava o porto deliberadamente para ter no final da época esse prémio generoso (uma viagem para si e para a sua família no valor de 760 contos).

Para que fique claro, tais palavras foram proferidas no passado dia 12 de Agosto de 2013, entre as 20h30 e as 23h por José Carlos Amorim Calheiros no auditório da sede do Grupo Desportivo e Cultural dos Trabalhadores dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo para uma plateia de aproximadamente 30 árbitros, após aquele ter chegado, diga-se ainda, num majestoso JAGUAR que é seu, mesmo sendo funcionário público (trabalha no hospital público de Viana do Castelo).

Portanto, temos esta confirmação do que já sabíamos e, uma vez que tenho vergonha de ter como superior e conterrâneo tal indivíduo desprezível, gostava que isto fosse tornado público o mais possível para desmascarar um sem-vergonha como este. Espalhem tal facto, escrevam sobre isto usando palavras vossas com base na matéria aqui exposta que é rigorosamente verdade (pode ser atestada por várias pessoas) não só na blogosfera mas também nas redes sociais e orgãos oficiais do Benfica, editorial do Benfica e BenficaTV, porque tal não pode passar incólume.

Saudações"

PINTO DA COSTA | PJ investiga ligações de imobiliária a prostitutas


PJ investiga ligações de imobiliária a prostitutas

A imobiliária de Cedofeita, de que Pinto da Costa é sócio maioritário e que foi alvo de buscas na semana passada, terá sido usada para a compra e venda de imóveis que alojavam prostitutas que se encontravam temporariamente no nosso país.
A denúncia de Carolina Salgado, feita em meados no ano passado, foi considerada credível pela equipa de investigadores liderada por Maria José Morgado que agora analisa à lupa a documentação apreendida na referida empresa.

OCMsabe que os contratos feitos nos últimos anos e as negociações envolvendoaImobiliáriaforam apreendidos e os investigadores enviaram-nos para os peritos financeiros. O objectivo é verificar se eram negócios reais e qual o destino das vendas e arrendamento dos imóveis.

Além das suspeitas de branqueamento, a PJ investiga um possível crime de lenocínio, onde poderão estar envolvidos os restantes sócios da empresa – Adelino Caldeira, Reinaldo Teles e o irmão Joaquim Pinheiro.

PINTO DA COSTA PAGA

Ontem de manhã, Pinto da Costa e a ex-companheira Carolina Salgado cruzaram-se no Tribunal do Trabalho de Vila Nova de Gaia. A audiência visou a elaboração de um acordo em que o presidente do FCP foi aconselhado a pagar, na hora, três mil euros para evitar uma ida a julgamento.

A acção ganha ontem por Carolina Salgado tinha sido interposta após a separação do casal, altura em que Pinto da Costa deixou de lhe pagar os salários e subsídios de férias e Natal a que tinha direito. Carolina trabalhou na Imobiliária de Cedofeita como vendedora entre 2005 e 2006. O CM soube que Pinto da Costa não queria pagar um cêntimo a Carolina, mas, como existia o risco de vir a pagar uma quantia mais elevada, acabou por ceder à proposta feita pelo juiz.

JUIZ DO 'APITO' PEDE RELATÓRIOS

O juiz-presidente do julgamento do ‘Apito Dourado’ quer saber quais eram as normas de nomeação de árbitros na época 2003/04 e por isso solicitou à Federação Portuguesa de Futebol (FPF) o respectivo documento oficial.

"Há vários arguidos acusados de violar estas normas, mas elas não existem no processo", sustentou Carneiro da Silva. O juiz solicitou também à FPF o relatório do jogo Lousada-Gondomar, de 2003/04, elaborado pelo assessor de arbitragem João Mesquita, acusado de ter atribuído uma nota ao co-arguido e árbitro António Eustáquio a pedido do arguido Luís Nunes, ex-membro do Conselho de Arbitragem (CA).

Ontem, o deputado europeu do PSD, Silva Peneda, testemunhou doze minutos em defesa do arguido Pinto de Sousa, acusado no processo de 26 crimes. "Ele é um bom exemplo de cidadania", disse o deputado sobre o ex-presidente do CA da Federação. Na sessão, algumas testemunhas de Defesa dos arguidos João Macedo e Ricardo Pinto foram confrontados com escutas telefónicas que no processo comprometem a integridade destes dois árbitros.

CASO PORTO-ESTRELA PARADO NO TIC

A instrução do caso FC Porto/Estrela da Amadora, o primeiro processo a ser reaberto pela equipa de Maria José Morgado e também o primeiro a ter acusação pública, está parado desde 27 de Fevereiro. Foi essa a data da última diligência, altura em que Carolina Salgado foi inquirida pelo juiz Artur Guimarães. Depois disso, não houve qualquer diligência visível.

Desconhece-se quando será marcado o debate instrutório ou sequer se o juiz irá requerer qualquer outra diligência.

Ana Salgado, que foi usada como "trunfo" na abertura de instrução por Pinto da Costa – que chegou a sugerir uma acareação entre as duas irmãs para verificar quem seria mais credível –, também faltou à diligência e acabou por ser dispensada pela Defesa. Tudo indica que não será ouvida.


MADEIRA À ESPERA DE DECISÃO

A instrução que está a correr no Tribunal do Funchal, na Madeira, e que diz respeito ao jogo Nacional-Benfica, que terminou com a vitória dos insulares por 3-2, ainda está atrasada. Não foi igualmente marcado debate instrutório, nem é previsível qualquer data para o mesmo ocorrer.
Nesse processo, Pinto da Costa foi também acusado de corrupção activa, sendo Augusto Duarte, ainda na 1.ª categoria, o árbitro sob suspeita.

O Ministério Público defende que AugustoDuarte beneficiou o Nacional, em detrimento do Benfica, sendo os alvos de tal ‘benesse’ Rui Alves, presidente daquele clube, e Pinto da Costa, o directo rival dos encarnados naquele momento do campeonato.

António Araújo, então empresário de futebol, teria sido o intermediário da negociação, tendo garantido a Rui Alves que Pinto da Costa estaria satisfeito com a vitória do seu clube. A Acusação foi deduzida pelo MP do Funchal. 


PORMENORES:

Proposta

O advogado de Pinto da Costa, Lourenço Pinto, propôs à advogada de Carolina Salgado que esta desistisse da acção no Tribunal do Trabalho. Em troca pagar-lhe-ia o valor acordado entre os dois. Raquel Dantas recusou a proposta do colega.

Paga custas

Todas as custas judiciárias relativas à acção de Carolina Salgado contra Pinto da Costa vão ser pagas na totalidade pela Imobiliária de que é sócio maioritário. O presidente do FCP tinha ao início mostrado inflexibilidade em fazer o acordo. 

Justa causa

Pouco depois de verificar que Pinto da Costa não procedia ao pagamento do salário, Carolina Salgado cessou o contrato de trabalho alegando justa causa. Mais tarde avançou com uma acção emergente em que exigia cerca de seis mil euros.


(in CM)

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

VIDEO | Benfica B 3 - 0 Portimonense


VIDEO | Jan Oblak renovou até 2018 e foi reintegrado

Jan Oblak foi reintegrado: “O Benfica é o meu Clube e estou feliz”
O guarda-redes do Sport Lisboa e Benfica, Jan Oblak, pediu, esta segunda-feira, desculpas aos adeptos do Clube por um acontecimento que considera ter sido um mal-entendido. Desculpas pedidas, o atleta prolongou o seu vínculo laboral até 2018 e vai integrar os trabalhos da equipa principal já esta terça-feira. 

“Gostava de explicar aos adeptos que tudo se tratou de um mal-entendido. Agora estou no Clube. Assinei um novo contrato com o Benfica e estou feliz”, esclareceu.

Muito se falou que o esloveno não regressaria à Luz, algo que o guardião fez questão de negar de forma peremptória: “Claro que não pensei em vestir outra camisola, porque o Benfica é o meu Clube. Cheguei aqui com 17 anos. Estou feliz por estar aqui e não pensei em ir para outro clube, sobretudo em Portugal.”

Em jeito de conclusão, Oblak não esqueceu os benfiquistas e deixou uma garantia: “Quero pedir desculpa aos adeptos por ter ficado demasiado tempo no meu país. Treinei enquanto lá estive estes dois meses. Estou preparado para começar a treinar com a equipa e espero em breve poder ajudar o Clube.”
Oblak começou a carreira no Olimpija Ljubljana e aos 16 anos foi contratado pelo SL Benfica. Já com vínculo com o Clube da Luz foi emprestado ao Beira-Mar, Olhanense, U. Leiria e Rio Ave, na última temporada, onde foi titular, deu nas vistas e ajudou, com as suas exibições, os vila-condenses a terminarem 2012/13 em 6.º lugar na classificação. 

Referir que, Jan Oblak já é internacional AA pela Eslovénia, cuja estreia foi ante a Noruega a 21 de Setembro de 2012.



Benfica exige demissão do presidente do Comité Olímpico

Deliberação da Direcção do Sport Lisboa e Benfica


Nos dois últimos Jogos Olímpicos, Pequim e Londres (2008 e 2012), o Sport Lisboa e Benfica contou a presença de 15 atletas que integram os seus quadros. Esses atletas, cuja preparação foi totalmente custeada pelo Clube, representaram Portugal e trouxeram resultados encorajadores. 

Na preparação dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, o Sport Lisboa e Benfica trabalha com dezenas de atletas, criando e proporcionado todas as condições de trabalho necessárias para que os atletas pensem única e exclusivamente em conseguir participar nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. São mais de 30 os atletas do Sport Lisboa e Benfica que trabalham diariamente para conseguirem esse objectivo.

Para além dos atletas profissionais, o Sport Lisboa e Benfica tem criado escolas de Formação que permitem o desenvolvimento das diversas modalidades e dão ao Clube e ao País uma perspectiva duradoura no que ao Olimpismo diz respeito.

Vem isto a propósito de algumas considerações publicadas pelo presidente do Comité Olímpico Português, José Manuel Constantino, no passado fim-de-semana.

Pelos vistos, o presidente do COP não percebe que na base do Desporto, e na base da representação olímpica nacional estão as federações e os clubes. Não compreende que antes de criticar para fora, tem de resolver os problemas que têm dentro, e não são poucos. Não compreende, ou ainda não teve tempo de perceber, o contributo que o Sport Lisboa e Benfica tem dado ao movimento olímpico português.

A Direcção do Sport Lisboa e Benfica considera que o Presidente do Comité Olímpico Português violou de forma grosseira os deveres de isenção, imparcialidade e independência que são essenciais no exercício das suas funções, razão pela qual entende que só resta um caminho ao Presidente do COP, apresentar a sua demissão.

Até tal suceder, o Sport Lisboa e Benfica recusa-se a manter mais qualquer contacto institucional, garantindo, porém, que continuará a investir e a dar todas as condições de trabalho e desenvolvimento aos atletas do Benfica Olímpico.



(in slbenfica.pt)

VIDEO | BENFICA 2 - 1 Gil Vicente























domingo, 25 de agosto de 2013

Acabou a maldição dos descontos



É o ponto de viragem!
Daqui para a frente tudo vai mudar e juntos com muita ambição, querer e raça vamos conseguir os nossos objetivos!

VAMOS BENFICA!!!

Hoje joga o BENFICA!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...