AUSENTE ATÉ 22 DE AGOSTO!
ATÉ BREVE

Pesquisar Benfic@holic

sábado, 22 de junho de 2013

Nolito

Podemos julgar o Nolito por isto?


Nolito vítima de interesses terceiros...

O jogador espanhol chega ao Benfica a custo 0 (bem não será a custo 0 porque está sempre envolvido prémios de assinatura, contudo, foi muito mais barato se tivesse sido contratado). De quem terá sido o aval, é uma incógnita para mim. Uma coisa é certa, tendo em conta o que se passou depois, tenho a certeza que o Jesus não deu o aval. Não quero acreditar que o técnico encarnado se tivesse dado o sim, teria colocado o Nolito como 4ª ou 5ª opção para o lugar, logo após a grandiosa época que fez... Ou seja, deu-me clara sensação que o espanhol estava a mais para o Jesus...


1ª Questão: Afinal de contas, quantas pessoas é que têm poder e autonomia para fazer contratações para a equipa principal?

Dá-me a sensação que são várias as pessoas dentro do Benfica com essa capacidade. O presidente é uma e o treinador outra. Depois penso que há também liberdade do departamento de prospecção e do Rui Costa, para fazer certo tipo de contratações. Por fim, há ainda o "lobby" de fundos e de empresários, cada vez mais fortes dentro do Benfica.

2ª Questão: Mas, porque raio é que um jogador com a qualidade do Nolito e após uma excelente primeira época é colocado de parte?

Visto de fora, e apenas podemos especular, visto que a transparência sobre o que se passa no Benfica é idêntica à água turva, acho que o Nolito foi apanhado no meio de uma enorme luta de bastidores do Benfica para deter essas responsabilidades e competências, quanto à decisão das contratações. 
O problema é que no meio disto tudo, quem perde é o Benfica e os jogadores envolvidos, que não têm culpa nenhuma. Porquê esta luta? O sector que permite maiores actividades lucrativas dentro de um clube é o departamento de vendas e compras. Aí e porque a maioria dos negócios é feito fazendo transferências para "off-shores" onde não são pagos tantos impostos, mas também onde facilmente se pode encobrir luvas para todas as partes envolvidas no negócio sem que nós adeptos e sócios possamos saber. Este é um cenário.

Outro cenário, é que o tal "lobby" pediu um "favor" ao Benfica para colocar determinado tipo de jogador, o Ola John, e fazê-lo valorizar, para render futuramente numa grande transferência. Três pontos importantes quero fazer aqui:

  1. O holandês é um jovem com potencial e com qualidade, disso ninguém diz o contrário;
  2. Estes "favores" depois são pagos não só com partilha de lucros na futura venda, mas também na preferência sobre outros futuros craques que esses fundos e empresários têm em carteira;
  3. Notar que Portugal é ainda um dos poucos países europeus que permite a constituição deste tipo de fundos (em Inglaterra tal não é permitido devido aos "lobbies" que criam).
Outro cenário ainda, é que o Jesus queria à força toda outro tipo de jogador para aquela posição. Mas, como é que um treinador desperdiça um talento destes? 

Nolito o exemplo de como trabalhar não basta!

Outrora o Benfica foi exemplo para Portugal e para o mundo de excelência. Nos seus quadros estavam para além de pessoas apaixonadas pelo clube, gente muito competente nas suas mais diversas áreas. No futebol, os futebolistas eram todos de eleição e só jogavam verdadeiramente os melhores. É óbvio que haveria sempre certo tipo de preferencialismos perante certos jogadores. Mas, mesmo assim, os treinadores nessa altura eram assertivos a dar valor a quem merecia e demonstrava em campo.


É por isso mesmo, que não consigo rever-me nesta situação com o Nolito. Sou-vos sincero e escrevo já que o Nolito não é nem de perto nem de longe o extremo esquerdo com o perfil futebolístico que prefiro/gosto. No entanto, com o seu trabalho, a sua entrega, a sua perícia com a bola nos pés,... enfim, todo o seu futebol... ele conquistou-me! Marcar em 5 jogos consecutivos, ainda por cima nos seus primeiros cinco jogos, só está ao alcance de muitos poucos. No Glorioso, só estava ao alcance do Pantera Negra. Claramente não é para todos!

3ª Questão: Será que um jogador que iguala um dos recordes do Rei Eusébio não merecia melhor tratamento e consideração?

Assim sendo, Nolito não era um jogador qualquer, sem talento. Apesar de ter custado 0 €, valia muito. Eu próprio escrevi aqui no blogue que o Nolito foi uma valente "pechincha". Aquilo que fizeram esta temporada não está correcto. Não está de acordo com os valores Benfiquistas!

Mais, eu nem sequer estou a defender aqui que o Nolito teria de ser titular indiscutível, nem ele deu a entender isso na entrevista acima. Mas, bolas! Ser quarta ou quinta opção, depois de tudo o que ele fez... é uma injustiça gritante e que todos nós Benfiquistas deveríamos procurar tirar a limpo.

Com tudo isto, o Benfica é que sai a perder!

No meio desta história toda quem perde é o Benfica e o Nolito. O Benfica perde porque basta vermos os títulos que conquistámos esta temporada e as exibições que o substituto na posição de Nolito fez.


4ª Questão: Será difícil imaginar que com Nolito no onze no Dragão teríamos aproveitado melhor os contra-ataques e ter comemorado o título na invicta?

Estou certo que Nolito teria sido bem mais importante nesta segunda metade da temporada que o(s) seu(s) substituto(s) de posição. O espanhol tinha características que permitiam a equipa ter mais confiança. Estava igualmente mais rotinado à posição e às ideias de jogo da equipa. Por seu turno não se atemorizava nos grandes momentos. Metia o pé e dava outra intensidade ao jogo encarnado. Na época passada, Cardozo marca golo no Dragão muito à custa de um passe de Nolito... é só uma amostra da importância que o espanhol tinha na equipa.

Se no aspecto desportivo, saímos a perder, também no aspecto financeiro o resultado não será muito melhor. É verdade que qualquer que seja o valor pela qual poderemos negociar o Nolito, será sempre lucro. Mas, estou convencido que se o espanhol tivesse continuado esta temporada a fazer o que fez na anterior, seria jogador para valer no mínimo 15 M€. E, estou certo que pretendentes dos melhores campeonatos da Europa não iriam faltar!

5ª Questão: Alguém sabe quanto custaria um jogador espanhol (da mesma nacionalidade dos campeões europeus e mundiais em título) que marcasse 15 golos e fizesses outras tantas assistências por época, numa liga como a inglesa ou alemã?

Pois é... perdemos foi uma excelente oportunidade de fazer dinheiro e a ganhar títulos!



sexta-feira, 21 de junho de 2013

Geração Benfica de Braga promove treinos gratuitos


A Escola do Benfica em Braga, agora com nova coordenação técnica, está já a preparar a próxima época desportiva, que contará com muitas actividades para todos, desde os Petizes até aos Iniciados, onde se inclui a competição federada a partir do escalão de Benjamins (2004/2003) e Iniciados (1999/2000).

Os escalões mais jovens (2009 a 2005) vão também participar em vários eventos ao longo de toda a época.
O local de treinos é no Fut 7, em Palmeira, onde os Campeões podem usufruir de dois relvados sintético interiores e um exterior.

Os interessados em conhecer o projecto devem entrar em contacto com a Escola de Futebol através do 918 081 073 ou pelo efbbraga@slbenfica.pt


Premier League | A partir de 17 de Agosto na Benfica TV

Premier League: A partir de 17 de Agosto na Benfica TV



A Benfica TV transmite, a partir de Agosto, os jogos da Primeira Liga inglesa. Um arranque com data agendada para 17 de Agosto. 

A abrir, a 1.ª jornada já tem prometidas muitas emoções. Logo na 2.ª ronda, o Manchester United recebe o Chelsea de José Mourinho e David Luiz.





(in SLBenfica.pt)

Antigo jogador do FC Porto, envolvido em subornos e corrupção

João Pinto envolvido em subornos? Não pode ser... 

A Polícia Judiciária e o Ministério Público do Porto receberam queixas anónimas que envolvem o Desportivo de Chaves num esquema de alegada corrupção com jogadores de Gondomar, Amarante e Limianos, na época 2012/13, da II Divisão, Zona Norte.

No caso do Gondomar, o CM apurou que os flavienses terão pedido um futebolista que "facilitasse" no jogo entre as duas equipas, na 29ª jornada (penúltima). Como contrapartida, terão avançado com três mil euros e a promessa de um contrato por dois anos, a começar já na temporada 2013/14.
O CM soube que o jogador acedeu e, durante a partida, cometeu erros que ajudaram o Chaves a vencer o Gondomar por 4-2. Quando terminou a época, o futebolista alegadamente subornado (pediu para não ser identificado) confirmou ao CM que bateu à porta dos transmontanos para se vincular ao clube, mas a "promessa" tinha sido esquecida.

A vitória dos trasmontanos em Gondomar foi preponderante para a equipa continuar na corrida à subida de divisão, que acabou por confirmar na última jornada, com um triunfo (1-0) diante do Ribeirão.

A formação orientada pelo antigo internacional João Pinto assegurou a 1ª posição na II Divisão (Zona Norte) com 58 pontos e um lugar na II Liga. Em segundo, ficou o Ribeirão, com menos três pontos (55). 



(in CM)

quinta-feira, 20 de junho de 2013

João Rodrigues

Entrevista do João Rodrigues, jogador de Hóquei em patins do Glorioso, autor do golo da vitoria na Champions



Sport TV multada em 3,7 milhões de euros


A Autoridade da Concorrência (AdC) multou a Sport TV em 3,7 milhões de euros, mas a operadora vai recorrer da decisão para o Tribunal da Concorrência, o que tem efeito suspensivo da decisão, anunciou esta quarta-feira a empresa.

Uma denúncia apresentada pela Cabovisão em julho de 2009 está na causa desta decisão.

Em julho de 2010, a AdC instaurou um inquérito em relação ao modelo remuneratório que vigorou na Sport TV entre 1 de janeiro de 2005 e 31 de março de 2011, que contemplava uma remuneração mínima em função da taxa de penetração dos operadores de televisão por subscrição, o que, segundo a AdC, terá penalizado os operadores, refere um comunicado divulgado pela Sport TV.

"Ao punir hoje a Sport TV, a Adc "está a sancionar uma prática comercial que validou de forma ininterrupta durante mais de 10 anos", lê-se no documento.

RESULTADOS NEGATIVOS, SEM "QUALQUER RENTABILIDADE PARA ACIONISTAS"

Acrescenta a Sport TV que aquele modelo remuneratório "foi concebido e implementado para fazer face às necessidades de capital intensivo, de financiar elevados investimentos fixos, de garantir uma dinâmica comercial que assegurasse o crescimento das vendas do canal, de prevenir e combater o fenómeno alargado da pirataria e de adequar a atividade da empresa às práticas correntes de comercialização de canais de televisão com conteúdos ‘premium’".

A operadora de televisão refere ainda que desde a sua fundação, em 1998, até final de 2012, a Sport TV "não gerou qualquer rentabilidade para os seus acionistas, tem até à data resultados transitados negativos, não tendo distribuído nunca dividendos".

A Sport TV lamenta a decisão da Autoridade da Concorrência, que classifica de "tardia, desproporcionada, manifestamente injusta e infundada", conclui o comunicado.



(in CM)

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Há treinadores de futebol que saltam níveis nos cursos de formação

O presidente da ANTF diz que deverão existir "oito casos" de técnicos que frequentam o nível IV sem terem feito o nível III. Marco Silva e Pedro Emanuel estão nessa lista.


Fazemos nossas as palavras de Nicolau Vaqueiro: rebentou a bomba na formação dos treinadores de futebol. O i sabe que vários técnicos, entre eles Marco Silva (Estoril) e Pedro Emanuel (Arouca), estão a frequentar o curso UEFA Professional - equivalente ao IV nível - sem terem efectuado o curso de nível III. "É a primeira vez que tenho conhecimento de casos assim. Já nos chegaram algumas queixas", diz ao i José Pereira, presidente da Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF), admitindo ter-lhe sido confidenciado que existiam "oito treinadores" nessa situação dúbia.

O i pediu à Federação Portuguesa de Futebol (FPF), responsável pelos cursos, a lista dos alunos do curso de nível IV que se iniciou no dia 16 deste mês, mas não recebeu essa informação - ao contrário do que é habitual, pois a FPF costuma divulgar no seu site os alunos seleccionados para os cursos de nível III e IV. Fonte próxima do processo confidenciou ao i que persistem ainda dúvidas em relação à legalidade dos casos, motivo pelo qual a FPF não tornou pública a lista.

Nicolau Vaqueiro, treinador e candidato derrotado nas recentes eleições para a direcção da ANTF, fala de uma situação "incoerente e ilegal" com "cobertura do Estado e da FPF". Em entrevista recente à "RR", Nicolau Vaqueiro tinha avisado para irregularidades nos cursos de treinadores: "Está para rebentar uma bomba que tem a ver com a formação. Se isso acontecer, passamos a ser uma república das bananas." Era precisamente a abertura deste precedente que preocupava o técnico. "Não tem lógica, os cursos existem para ser feitos. Como é que um treinador que só tem o nível II salta directamente para o IV, sem fazer o III?". Para Nicolau, a culpa não é dos treinadores que se vêem nesta situação, até porque os cursos de nível III estão parados há três anos. Mas coloca-se ao lado de quem se queixou à ANTF: "São cursos onerosos. Seguindo um critério uniforme, terão de ser ressarcidos." O curso UEFA Advanced, equivalente ao nível III, custa 3000 euros, menos mil que o UEFA Pro.

Na temporada 2012/13, cinco treinadores da Liga não possuíam o curso de nível IV: Marco Silva (Estoril), Nuno Espírito Santo (Rio Ave), Paulo Fonseca (P. Ferreira, contratado pelo FC Porto), Pedro Emanuel (Académica, agora ao serviço do Arouca) e Sérgio Conceição (começou no Olhanense, terminou na Académica). Esta não é uma situação nova; já em 2005 Paulo Bento chegou a treinador principal do Sporting e só depois frequentou os níveis III e IV da formação. Costinha orientou no final da época o Beira-Mar numa situação semelhante. No entanto, o que suscita agora dúvidas é a possibilidade de um treinador saltar um nível.

José Pereira diz que a lei pode permitir excepções através da equivalência de habilitações com um RVCC (Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências) - na prática um 'queimar de etapas' com equivalências, muito frequente na política. Mas nem mesmo José Manuel Meirim, o maior especialista português nesta área do Direito desportivo, consegue ter certezas. Contactado pelo i, o advogado disse que só estudando a fundo a Lei 40/2012 poderia chegar a alguma conclusão, mas salientou a confusão que se foi gerando pelo facto de os cursos (nível I ao III) terem estado parados durante tanto tempo e as bases legais terem sido alteradas.

O i pediu também à FPF a lista dos técnicos que estão a fazer o nível IV sem terem passado pelo III, mas mais uma vez não obteve qualquer resposta até ao fecho desta edição.





Record no seu melhor


Ahahah! Não é que agora Junho tem 31 dias!!!

O RecoReco no seu melhor. Cada vez menos sério e mais cómico...

Liga admite queixar-se à UE por controlo da SportTV

Mário Figueiredo fez um alerta aos deputados da Comissão para a Ética, a Cidadania e Comunicação.

Liga admite queixar-se à UE por controlo da SportTV

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) admitiu hoje avançar com uma queixa em Bruxelas contra o controlo conjunto da Sport TV pela Portugal Telecom (PT) e pela Zon.

Mário Figueiredo teve hoje uma audiência, a seu pedido, com os deputados da Comissão para a Ética, a Cidadania e Comunicação, onde apresentou as preocupações da Liga de clubes em relação ao controlo conjunto da Sport TV pela PT e Zon, já que considera que tal irá prejudicar a concorrência nos direitos televisivos de transmissão dos jogos.

Audio de Mário Figueiredo no Parlamento - 6 partes (reprodução automática)

Em entrevista à Lusa, em março último, Mário Figureido tinha avançado que a LPFP opunha-se à operação de concentração, decorrente da aquisição de controlo conjunto das sociedades Sport TV, Sportinveste Multimédia e PPTV, por parte da Zon e da PT à Controlinveste Media, que foi notificada à Autoridade da Concorrência (AdC) a 14 de março.

Além disso, a LPFP já tinha apresentado uma queixa à AdC, a 15 de outubro de 2012, na Concorrência, sobre posição dominante em relação à mesma matéria.

No final da audiência com os deputados, em declarações aos jornalistas, o presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional disse que esteve a analisar as contas «destes dois colossos das telecomunicações», a PT e Zon, que «detêm 90% do mercado».

E nesse sentido, «dei hoje instruções ao nosso grupo de juristas para analisarmos a possibilidade de apresentarmos queixa em Bruxelas sobre este projeto de fusão». Ou seja, «estamos a ponderar entregar uma queixa em Bruxelas», disse.

Sobre o encontro com os deputados, que manifestaram preocupação face às questões levantadas por Mário Figueiredo, o líder da Liga de clubes disse que o objetivo foi «dar conta da posição» da entidade em relação à operação de concentração que coloca a PT e a Zon como acionistas da Sport TV, que tem os direitos televisivos dos jogos de futebol em Portugal.

«Entendo que neste momento estamos a discutir num patamar diferente, não estão só em causa os direitos económicos do futebol», razão pela qual a LPFP se reuniu com a Comissão para a Ética, a Cidadania e Comunicação.

«Estando cada vez mais as fontes da comunicação a concentrarem-se nos mercados de telecomunicações e os suportes físicos a tenderem ter menos impacto na informação que temos, estou a olhar com preocupação o pacto de não-concorrência entre duas empresas que controlam 90% do que consumimos, em média», disse.

A PT, através do Meo, tem uma oferta de '4play', que inclui televisão, internet, telemóvel e telefone fixo, tendo a Zon seguido a mesma tendência. Em termos de televisão paga em Portugal, a Meo e a Zon controlam o mercado.

Durante a sua audiência com os deputados, Mário Figueiredo disse que a PT e a Zon têm uma espécie de "Tratado de Tordesilhas", uma «cláusula confidencial de não-concorrência» que pode pôr em causa a liberdade de expressão.

Questionou ainda «qual é a liberdade que os jornalistas têm em afrontar» estas duas empresas.

Lembrou ainda que a Zon está em processo de fusão com a Optimus, da Sonaecom, o que reduz o número de atores no mercado da transmissão de jogos de futebol.

No processo de controlo da Sport TV pela PT e Zon, Mário Figueiredo disse que a Cabovisão, Vodafone, metade dos clubes da Liga, bem como o Benfica, opuseram-se à concentração.

O presidente da LPFP considerou ainda que o Benfica «é o único clube que tem condições económicas e financeiras para romper com o monopólio», tendo sugerido aos deputados da Comissão para a Ética, a Cidadania e Comunicação que ouvissem o clube sobre este tema.

No processo de concentração, a PT e a Zon passam a deter 25% cada da Sport TV, ficando os restantes 50% nas mãos da Sportinveste, de Joaquim Oliveira.


Anteriormente, a Sport TV era detida em 50% pela Zon e a outra metade pela Sportinveste.




(Via sapo.pt)

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Manuel Martins dos Santos condenado



O antigo árbitro de futebol Manuel Martins dos Santos foi esta segunda-feira condenado a 18 meses de prisão com pena suspensa pelo crime de tráfico de influências.


Martins do Pecado, mais um artista conotado com a Escola do Crime, foi condenado duas vezes no âmbito do Apito Dourado. Foi o árbitro que foi premiado pelos dirigentes do Futebol Corruptos do Porto com a inauguração do Estádio do Ladrão por "anteriores benefícios".
Foi o árbitro que admitiu ao telefone ter ficado contente com a vitória do FC Porto no jogo dos quartos-de-final da Taça de Portugal da época 2003/2004, frente ao Rio Ave, arbitrado pelo próprio ("O que eu queria era que me corresse bem o jogo, (...) que me corresse bem e que ganhasse quem ganhou.").
Antes desse jogo foi interceptada uma conversa telefónica, onde o na altura Presidente da AF Porto, desejou a Martins dos Santos que "seja sempre o melhor em campo". O árbitro respondeu desta forma: "Diga aos nossos amigos que... o senhor, para mim, é como um pai, e como tal, eu... não me esqueço! (...) Vou ser eu mesmo" .

Enfim, tudo normal. É sempre em frente na casa iluminada.

Comunicado do SLB


Muitos dizem que o Benfica não devia ter este tipo de linguagem. Outros acham brilhante, porque estão fartos das invenções todos os anos com o nome do Benfica para vender.

Uma coisa é certa, com um comunicado destes não há mais nada a dizer!


Anti-benfiquismo de valongo



Palavras para quê?

domingo, 16 de junho de 2013

O Bom, o Mau e o Vilão

Para recordar a podridão do futebol corrupto do porto:




É tudo normal


"A cláusula de rescisão do treinador cifrava-se nos dois milhões de euros, mas o bom relacionamento entre os dois clubes permitiu ao FC Porto baixar consideravelmente essa fasquia, ainda que na essência o negócio fique reforçado por outras contrapartidas, há diversos bónus que os pacenses beneficiam ao abrigo deste acordo e que no fundo também representam um capital muito importante..."


Diversos bónus, não é? É impressionante esta capacidade de banalizar tudo o que diz respeito ao futebol corrupto do porto... O que diriam se fosse o SLB a ganhar a liga na ultima jornada na mata real com um penalty inexistente e com a respectiva expulsão antes da meia hora de jogo, com o silêncio cúmplice do paços? E se dias depois um dos jogadores do paços assinasse pelo BENFICA e dizia ainda "sou do Benfica e como todos os benfiquistas sou anti-fóculporko"? E se depois disto o paços jogasse a pré eliminatória da liga dos campeões no estádio da Luz? E se o BENFICA fosse buscar o treinador do paços pagando menos dum quarto da cláusula de rescisão e mandando para lá o entulho que não interessa? Alguém consegue imaginar como seria? Alguém consegue imaginar o que os jornaleiros merdosos deste país diriam?



(escrito por No.Worries)

Steven Vitoria


Já é oficial. Steven Vitoria, de 26 anos, é a mais recente contratação do SL Benfica!




Boa Sorte Steven!

O Caso Cadorin

Decorria o ano de 1986, na época anterior o Portimonense conquistara a sua melhor classificação de sempre, um honroso 5º lugar. O grande obreiro foi Manuel José.

Mas hoje é para falar de mais um caso de corrupção do nosso futebol, a época era a de 1985/1986 até então na cidade de Portimão tudo normal, o Portimonense estava bem na classificação. Nesse fim de semana o Portimonense teria pela frente um forte opositor que lutava pelo campeonato.

O jogador Serge Cadorin foi alvo de aliciamento para cometer uma grande penalidade adivinhem contra quem? Pois é os mesmos de sempre, o F.C.Porto, a verdade é que Cadorin veio para toda a imprensa relatar o sucedido e tendo inclusive ido à PJ apresentar o caso. Nesse jogo o Portimonense acabaria por vencer por 1-0 o F.C.Porto com um golo do mesmo Serge Cadorin.

A verdade é que nem imprensa nem PJ nem ninguém quiseram saber do caso, segundo o relatório da PJ da época e a própria imprensa nada se poderia provar porque era a palavra de Cadorin contra a de Luciano d'Onofrio.

Cadorin tinha chegado 1 ano antes a Portugal pela mão de Norton de Matos que fora seu colega de equipa no Standard de Liège, tendo como seu empresário o inevitável Luciano d'Onofrio.

Segundo Cadorin, d´Onofrio teria oferecido um contrato com o Futebol Clube do Porto para a época seguinte ou então uma transferência para um clube Italiano para além da verba de 500 contos (2500€).
Luciano já naquele tempo trabalhava fervorosamente com Pinto da Costa e a verdade é que os casos no futebol Português apareciam todos os dias ou quase todos os dias e este foi mais um que morreu sem que ninguém o investigasse. 

O mais curioso de tudo isto é que no ano seguinte a este episódio de corrupção, estava Cadorin ainda ao serviço do Portimonense e quase na eminência de se transferir para o Sporting, até que aconteceu o que até hoje ninguém quis explicar, nem o próprio jogador comentou o sucedido.

A misteriosa explosão que quase termina com a vida de Cadorin.
Cadorin na sua residência e misteriosamente houve uma explosão de gás, que quase que terminava com a sua vida mas terminou com a sua carreira, pois as lesões provocadas pela explosão fizeram com que a transferência para o Sporting fosse cancelada e Cadorin ficasse impossibilitado de praticar futebol. A explosão ocorreu no ano a seguir a ter denunciado a tentativa de aliciamento por parte do F.C.Porto e Luciano d'Onofrio.

Luciano d'Onofrio era à época empresário de jogadores de futebol sendo um dos amigos pessoais de Pinto da Costa sendo por essa altura procurado pelas autoridades tendo inclusive estado preso, havendo na altura fortes indício de ligações com máfias e tráfico de armas.

A verdade é que desta história existem muito poucas fontes e as que existem abordam pouco o ocorrido. Há anos atrás um jornal ainda tentou entrevistar Cadorin e saber o que de facto se passou mas apenas afirmou que queria continuar a gozar a sua vida em paz e que não queria mais problemas devido a tudo o que se passou.

Infelizmente Cadorin já não se encontra entre nós, tendo falecido em Liège a 10 de Setembro de 2007 aos 45 anos de idade. Que descanse em paz, foi dos poucos que teve a coragem de denunciar a corrupção.



(in pulpus corruptus)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...